JEAN WYLLYS PODE PERDER VAGA DE DEPUTADO

Jean Wyllys pode ficar sem a boquinha de deputado para 2019

Posted on Posted in BLOG, POLÍTICA

Ex-BBB Jean Wyllys pode perder a vaga de deputado em 2019.

Ainda é especulação, mas, Jean Wyllys, ativista LGBT do PSol pode perder sua vaga conquistada para deputado federal. O ex-BBB recebeu 0.31% (24.295) votos no 1º turnos das eleições.

Sua vaga só foi possível devido ao “PUXADOR DE VOTO”, um fator matemático (SISTEMA PROPORCIONAL) que faz um deputado com poucos votos passe a frente de um concorrente mais votado.

ENTENDA O QUE É SISTEMA PROPORCIONAL

O sistema proporcional é definido após alguns cálculos.

Quociente eleitoral: divide-se o número de votos válidos (sem brancos e nulos) pelo número de cadeiras em disputa. Exemplo: Caso existem 100 mil votos para 10 cadeiras em disputa, o quociente eleitoral será de 10 mil votos válidos.

Quociente partidário: divide-se o número de votos que o partido obteve pelo quociente eleitoral. Exemplo: se um partido recebeu 27 mil votos, e o quociente eleitoral for 10 mil, o resultado será 2,7. O partido teria direito a duas vagas.

Como a divisão geralmente produz números quebrados, sobram algumas vagas que são divididas por meio de outra conta, que inclui apenas os partidos que obtiveram cadeira na primeira fase.

No cálculo das sobras, divide-se o número de votos do partido ou coligação pelo número de vagas conquistadas na primeira fase, mais o número 1. Ganha a vaga o partido que obtiver a maior média na divisão. A divisão das sobras é feita várias vezes até que todas as cadeiras sejam preenchidas.

Ex-Prefeito de Maricá RJ pode tomar a vaga de Jean Wyllys?

Diante de todo esse malabarismo matemático e politico, o ex-BBB conseguiu sua suada vaga para Deputado Federal do Rio de Janeiro. Acontece que o ex-prefeito de Maricá RJ Washington Quaquá, que também disputou a vaga para deputado, e teve sua candidatura impugnada, entrou com recurso no TSE (Tribunal Superior Eleitoral), o Ministro Og Fernandes deve tomar a decisão do futuro politico de Quaquá ainda esta semana.

A volta de Quaquá no jogo politico, pode retirar um deputado que já teria sido eleito. Os que estão correndo o risco de perder sua vaguinha são: Paulo Ramos do PDT que recebeu 0.33% (25.557) votos, Clarissa Garotinho do PROS 0.46% (35.131) votos e Jean Wyllys.

Aguardaremos ansiosos pela resolução da problemática.

Deixe seu comentário