BLOG

ADORO PRODUTOS ORGÂNICOS?

A SAGA POR PRODUTOS ORGÂNICOS

A SAGA POR PRODUTOS ORGÂNICOS

A busca de uma vida saudável é o objetivo de muitas pessoas, muitos preferem produtos naturais, orgânicos e de boa qualidade, mas nem sempre este objetivo é atingido.

Estudos apontam que à alimentação é tão importante quanto a pratica esportiva; quando uma pessoa tem uma pratica esportiva mas sua alimentação é desregrada e irresponsável isso pode ser prejudicial.

Então você pensa: – Vou mudar de vida e a partir de agora irei praticar esportes e terei uma alimentação saudável. Pois bem! Isso pode não ser tão fácil. Em 2010 a ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), divulgou uma lista com 18 alimentos considerados saudáveis, que em testes de laboratório apresentaram alto nível de contaminação por agrotóxicos. O estudo levou em consideração dois pontos fundamentais para os teste:

  1. Teores de resíduos de agrotóxicos acima do permitido;
  2.  Presença de agrotóxicos não autorizados para o tipo de alimento.

Foram analisadas 2.488 amostras de 18 tipos de alimentos nos 25 estados e Distrito Federal. São Paulo não participou do levantamento. O estudo apontou que 28% das amostras estavam insatisfatórias e deste total 24.3% estavam relacionados a utilização de agrotóxicos não autorizados para a cultura analisada. O impressionante foi que 1/3 dos vegetais que os brasileiros mais consomem apresentaram algum tipo de contaminação com resíduos de agrotóxicos em níveis acima do aceitável.

Outro estudo realizado entre 2013 a 2015 com um grupo de 25 alimentos realizados nos 27 estados e Distrito Federal. Foram avaliados cereais, leguminosas, frutas, hortaliças e raízes, o fato é que as amostras analisadas representam 70% dos alimentos de origem vegetal consumidos pela população brasileira. Totalizando 12.051 amostras, o estudo apontou uma redução considerável no nivel de contaminação de risco agudo por agrotóxicos. Um dos alimentos com maior quantidade nos niveis de contaminação foram a laranja com 12.1% das amostras analisadas, seguida pelo abacaxi com 5% de risco de contaminação. A conclusão se deu que apenas 1.11% do total dos alimentos analisados possuem algum risco de contaminação.

 

Coletiva de Imprensa sobre o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos

Diretor-presidente da Agência fala sobre o assunto

“Para reduzir o consumo de agrotóxico em alimentos, o consumidor deve optar por produtos com origem identificada. Essa identificação aumenta o comprometimento dos produtores em relação à qualidade dos alimentos, com adoção de boas práticas agrícolas.
É importante, ainda, que a população escolha alimentos da época ou produzidos por métodos de produção integrada (que a princípio recebem carga menor de agrotóxicos). Alimentos orgânicos também são uma boa opção, pois não utilizam produtos químicos para serem produzidos.
Os procedimentos de lavagem e retirada de cascas e folhas externas de verduras ajudam na redução dos resíduos de agrotóxicos presentes apenas nas superfícies dos alimentos.”
fonte: Danilo Molina – Imprensa / ANVISA

Ótima recomendação da ANVISA, para o consumidor que pode optar por alimentos orgânicos, que em tese seriam melhores para a saúde e saudáveis. Mas ainda não é o fim da saga para o objetivo de ter uma alimentação saudável. Prova disto foi a matéria apresentado pelo Fantástico no inicio de 2016, onde flagrou alguns comerciantes vendendo produtos com agrotóxicos compradas no CEASA dizendo que eram orgânicos. A reportagem acompanhou por alguns meses fraudadores em varias cidades do pais.

A falta de fiscalização e punição para os fraudadores é um grande problema enfrentado pelos consumidores que pagam mais caro por produtos orgânicos e também para os produtores sérios que realmente tem como objetivo produzir alimentos orgânicos e de qualidade.

A ANVISA órgão publico que analisou os produtos não tem o poder de punição, ficando isso a cargo do Ministério da Agricultura, que não consegue dar conta da demanda em que os fraudadores operam. Deixando para os consumidores somente a confiança na palavra dos vendedores na hora de comprar um produto orgânico.

Assista a reportagem do Fantástico






Se você acha que os problemas acabaram? Ainda não chegamos lá! Você pode imaginar: – E agora quem poderá nos ajudar nesta questão? Bem, o caminho lógico para esta resposta seria o Ministério da Agricultura aplicar as leis e políticos legislarem para o bem da população. O problema que causa estranheza foram as declarações da então Deputada Kátia Abreu do PMDB em 2010, e que no governo da Ex-Presidente Dilma Rousseff, agora Senadora da República Kátia Abreu passa a ser Ministra da Agricultura, no período de janeiro de 2015 a maio de 2016.

Em declarações Kátia Abreu, faz afirmações que a população pobre deve comer alimentos com agrotóxicos pois seriam  mais baratos.

“milhares e milhares de brasileiros, que ganham salário mínimo, ou que não ganham nada. E que portanto precisam comer comida com defensivos sim! Porque é a única forma de se fazer o alimento mais barato.”

Trecho do filme: O Veneno está na mesa

Integra da Sen. Kátia Abreu na TV Senado

É importante salientar que a tecnologia dos defensivos químicos é de grande importância para a alimentação humana e o uso de agrotóxicos regulamentados e que apresentam estudos satisfatórios para o beneficio humano devem ser utilizados. O que se deve tomar cuidado é a utilização desses produtos sem fiscalização. Em alguns casos o exagero de algumas organizações devem ser consideradas. Uma avaliação critica e inteligente deve ser feita caso a caso. O que apresentamos aqui é somente os fatos registrados na mídia nacional e estudos publicados.



fontes:

ANVISA – Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos

ANVISA – Divulgado relatório sobre resíduos de agrotóxicos em alimentos

ANVISA – Contaminação por agrotóxicos persiste em alimentos analisados pela Anvisa

JORNAL NACIONAL – Anvisa divulga lista dos alimentos com maior nível de contaminação

WIKIPÉDIA – Kátia Abreu

GUIA DE NUTRIÇÃO – Alimentos com maior nível de agrotóxicos

FANTÁSTICO – Feirantes vendem produtos com agrotóxicos como orgânicos

REVISTA MEIO AMBIENTE – Lista da ANVISA dos alimentos com maior nível de contaminação

YOUTUBE – Coletiva sobre o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA) 2013/2015

YOUTUBE – Coletiva sobre o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos (PARA) 2013/2015

YOUTUBE – KÁTIA ABREU – POBRE TEM QUE COMER AGROTÓXICOS ?

YOUTUBE – TV SENADO – Sen. Kátia Abreu diz que agrotóxicos baixam os preços e propõe que Ministro da Saúde seja convocado




Deixe seu comentário